Início APELO Vídeos: Advogados sofrem tortura, são ALGEMADOS e espancados por polícias despreparados

Vídeos: Advogados sofrem tortura, são ALGEMADOS e espancados por polícias despreparados

5
0

Inicialmente segundo vídeos de watts uma confusão com registros de agressão ocorreu na tarde de quarta-feira 21/07, em frente ao Camelódromo da Praça da Bíblia, em Goiânia.

Um advogado acusa policiais militares do Giro de agressão e tortura após, supostamente, ele ter tentado defender um flanelinha de ameaças e violências por partes dos agentes.

https://youtu.be/HqzxRIPjmFU

 

Em um vídeo, um policial aparece desferindo socos em um homem que seria o advogado.

Em relato nas redes sociais, o advogado Júlio Meirelles contou que o também advogado Orcélio Júnior foi agredido após constatar que um policial militar estava ameaçando um “flanelinha” na região do Terminal Praça da Bíblia.

https://youtu.be/HqzxRIPjmFU

De acordo com ele, ao questionar o abuso de autoridades, Orcélio foi agredido com socos e foi imobilizado pelos PMs.

Em um vídeo que já circula nas redes sociais, policial aparece dando tapas e socos num homem imobilizado e caído no chão, que seria o advogado Orcélio.

Em outro, o defensor aparece machucado e falando sobre o ocorrido.

Ele conta que foi agredido também no pátio da delegacia de Polícia e durante a triagem.

Ainda segundo ele, um policial civil que não quis se identificar teria visto a agressão, mas não interviu.

https://youtu.be/HqzxRIPjmFU

OAB acompanha caso
Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) repudiou o ocorrido e afirmou que a “truculência e o despreparo demonstrados pelos policiais nos vídeos chocam, basicamente, pelo abuso nítido na conduta dos policiais, que agiram de forma desmedida, empregando força além da necessária para o caso, em total descompasso com as garantias constitucionais, legais, e até mesmo contra as disposições contidas no Procedimento Operacional Padrão (POP) da Polícia Militar do Estado de Goiás”.

https://youtu.be/ynU8J6l922w

A entidade também exigiu “providências imediatas do Governo de Goiás, da Secretaria de Segurança Pública, bem como da Corregedoria da Polícia Militar, quanto ao imediato afastamento dos responsáveis pela agressão.”

https://priscilapetrus.com.br/vejam-as-cenas-de-truculencia-nos-videos-policiais-algemam-e-espancam-advogados-em-goiania/

Artigo anteriorPreconceito e discriminação levam funcionários de supermercado famoso e intocável a torturar cliente em São Luís
Próximo artigoEm São José de Ribamar prefeito é criticado por entregar merenda escolar de qualidade oriundas da agricultura famíliar
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui