Início Sem categoria Segunda edição da Feirinha São Luís consolida opção de lazer na cidade

Segunda edição da Feirinha São Luís consolida opção de lazer na cidade

0
0
Segunda edição da Feirinha São Luís consolida nova opção dominical de lazer da cidadeSucesso de público, a segunda edição da Feirinha São Luís celebrou toda a diversidade de ritmos, formas, cores e sabores do Maranhão. A iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), tem como proposta revitalizar o espaço da praça, incentivar a pequena produção e promover o intercâmbio sociocultural. Unindo o que há de melhor da culinária, arte, produção rural e cultura regional, o evento ocorre todos os domingos, na Praça Benedito Leite (Centro), das 7h às 15h.

O titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, atribui o sucesso do projeto à variedade de opções. “A proposta de reocupar o Centro Histórico aos domingos, por orientação do prefeito Edivaldo, é de grande responsabilidade, reunimos o melhor que tem em nossa terra, como nossas brincadeiras folclóricas, o artesanato, artes plásticas, a culinária peculiar, que agrega sabores do norte e nordeste, a produção agrícola, além da literatura, para valorizar os escritores e poetas da ‘Atenas brasileira’. Tudo isso agregou valor ao projeto, que já foi abraçado pela população, atraindo turistas e gerando renda”, garante Ivaldo Rodrigues.

Celebrando o mês junino, as apresentações culturais da segunda edição da feirinha, vieram em clima de São João, animando os presentes, o grupo de Cacuriá Assacana, Boi Pirilampo (orquestra), Grupo Lamparina e encerrando as atrações culturais, o boi Encanto da Ilha (orquestra). A Banda da Feirinha já é atração confirmada em todos os eventos.

O presidente do Boi Pirilampo, Renato Dionísio, frisa a importância da iniciativa. “Estou extremamente contente com essa iniciativa, de estabelecer uma atividade e revitalizar esse conjunto de casarios fantásticos, dando uma alternativa turística para o dia na cidade com essa feira. A nós, representantes culturais, cabe apoiar e incentivar as boas ações que são realizadas”.

O paulista Marcos Almeida Gomes, que há 3 anos mora em São Luís, elogiou a feirinha. “Os alimentos frescos, com preços bons, vemos a qualidade de tudo, com muita segurança. A Prefieura está de parabéns e deve dar continuidade a este projeto que mostra uma parte da riqueza do Maranhão”, disse.

GASTRONOMIA

Um dos pontos altos dos apaixonados pelos sabores maranhenses é a Barraca do Chef, que dá espaço a nomes reconhecidos da culinária maranhense e apresenta ao público pratos diferenciados, tradicionais e novidades. Quem comandou o espaço neste domingo, foi o chef Luciano Rosa, do Supermercado Mateus, que para agradar o paladar do público, trouxe pratos típicos do período junino como torta de camarão, arroz de cuxá e Maria Isabel, bolos de macaxeira e tapioca e mingau de milho com amendoim.

A proposta é que a cada edição, seja apresentado um cardápio com a marca maranhense. Na primeira edição, realizada no último domingo (11), o chef Melquíades Dantas optou por um cardápio surpresa, divulgado apenas na hora do evento. O profissional brindou o público com pratos típicos do período junino como torta de sururu, mingau de milho, compotas e bolos diversos.

Criada no Centro, a escritora Odacir Mesquita se disse feliz em ver a Praça Bendito Leite sendo bem utilizada. “São Luís precisava ter o Centro recuperado, uma área muito bonita e a Prefeitura acertou na realização desta feirinha. Fico muito feliz e acredito que todos os moradores desta área também”, disse.

O PROJETO

Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia, além dos food trucks.

No evento são expostos e comercializados produtos da agricultura familiar e seus derivados, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, doces, compotas, queijos e comidas típicas do estado. “É uma boa oportunidade para prestigiar nossa cultura e consumir produtos de qualidade”, destaca o titular da Semapa.

“As vendas estão maravilhosas, eu faço zoada para chamar o freguês e vender limão, cebola, tomate. Está sendo um trabalho muito válido poder comercializar no domingo nossos produtos, principalmente para aquela clientela que não tem tempo de ir à feira durante a semana, vem cliente de todos os cantos da cidade”, observa a presidente do Sindicato dos Feirantes, Ivanilde Sampaio.

A iniciativa tem parceria com as demais órgãos do município, o Banco do Nordeste, Governo do Estado, Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial do Maranhão (ACM).

Apoiam ainda o evento, o Senac, Academia Maranhense de Letras, Sub-Prefeitura do Centro-Histórico, Associação dos Moradores do Centro, Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, Iphan-MA, Arquidiocese de São Luís, Sindicado dos Trabalhadores Trabalhadoras Rurais de São Luís.

Artigo anteriorPrefeitura realiza festas juninas para idosos atendidos pelo projeto ‘São Luis Saudável’
Próximo artigoAntecipado laudo da madrasta de Isabella Nardoni e promotor recomendará semi aberto
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui