Início COTIDIANO Río: Jovem de 17 anos morto por PM em festa tentou defender...

Río: Jovem de 17 anos morto por PM em festa tentou defender amigo

5
0

Andrey Conceição levava o sustento para a família por meio da venda de pães.

Ele foi baleado ao tentar defender o amigo
Andrey Conceição, de 17 anos, jovem morto na madrugada de domingo (6/3), foi baleado após ver que o amigo Lucas de Oliveira Vale, 18, havia sido atingido pelo cabo da PM João Paulo Pereira da Costa.

O caso aconteceu em Santa Cruz, zona oeste do Rio.
Segundo a mãe do rapaz, Cristiane Conceição, 41, o policial era amigo do dono da casa de eventos onde o grupo de amigos estava fazendo uma festa à fantasia.

“O som da festa teria dado problema duas vezes. Os meninos foram reclamar com o dono e pediram para que ele consertasse. Foi aí que ele chamou o amigo policial”, disse Cristiane
Assim que o policial chegou, teria acontecido uma discussão e ele baleou Lucas de Oliveira Vale, de 18 anos, internado em estado grave no Hospital Pedro II.

Andrey acabou sendo atingido após tentar defender o amigo.
“Quando meu filho viu que o amigo tinha sido baleado, ele tentou desarmar o PM. Foi então que ele acabou sendo baleado na mão e na barriga. Andrey foi socorrido, chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu”, disse a mãe do jovem.

Em nota, a Polícia Civil disse que as investigações estão em andamento na Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

O autor dos disparos foi preso em flagrante e diligências estão sendo realizadas para esclarecer todos os fatos.

Andrey Conceição vendia pães havia um ano de bicicleta pelo bairro.

Ele era o responsável pelo sustento da família, já que a mãe não podia trabalhar devido a um problema de saúde.

“Menino super do bem, trabalhador, educado, comprava pão com ele. Descanse em paz Andrei”, escreveu uma vizinha nas redes sociais.
“Ele era muito trabalhador, gostava de festa, de sair com os amigos, se divertir. Eu estou revoltada, né, de coração partido”, disse Cristiane à reportagem.
O jovem estava no último ano do ensino médio, trabalhava de dia e estudava à noite. Ele faria 18 anos em maio e queria servir ao Exército.

“Arma apresentou problemas”
Em nota, a Polícia Militar disse que o agente é lotado no 33°BPM, Angra dos Reis.

Em sede policial, ele falou que compareceu à Rua das Flores, em Santa Cruz, na zona oeste da cidade, onde acontecia um evento privado em um salão de festas, a fim de socorrer um amigo.

O policial disse que chegando ao local, após se identificar, alguns participantes da festa teriam tentado tomar sua arma de fogo.

Na tentativa de impedir o ato, efetuou um disparo de alerta na tentativa de apartar o grupo.

O PM conta que sua arma apresentou problemas, disparando sozinha e atingiu as duas vítimas.

As duas vítimas foram socorridas por ele em seu automóvel particular e ele informou à polícia que teve sua arma subtraída no momento da confusão.

A Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) conduziu o agente ao Hospital Central da Polícia Militar para exames e, posteriormente, foi encaminhado à Unidade Prisional da PMERJ.

https://www.metropoles.com/brasil/rj-jovem-de-17-anos-morto-por-pm-em-festa-tentou-defender-amigo

Artigo anteriorFaça parte do “Projeto Conexão Saúde” que completa 5 anos trazendo alegria para as pessoas das comunidades do Sexto Batalhão de Polícia Militar
Próximo artigoEduardo Braide sinaliza aliança com Weverton Rocha
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui