Início COTIDIANO Quatro maranhenses são assassinados no estado do Mato Grosso

Quatro maranhenses são assassinados no estado do Mato Grosso

10
0

Vítimas são naturais de Pinheiro, região da Baixada Maranhense, e foram executados dentro de um quarto.

Quatro pessoas foram mortas em uma chacina no bairro Adriano Leitão, em Sinop, no estado do Mato Grosso.

As vítimas já foram identificadas e seriam naturais de Pinheiro, município da Baixada Maranhense.

Rubenilson de Jesus Silva Monteiro, 38 anos, Emerson Renato Ribeiro Ferreira,
22 anos, Bruno Beche Garcia Sousa, 23 anos e Laurielson França Souza, 30 anos,
foram assassinados na noite dessa quinta-feira, 16, quando quatro suspeitos
armados invadiram a casa em que eles estavam e os reconheceram por meio de
fotos.

Em seguida os separaram em um cômodo, pediram para ajoelhar e
efetuaram os disparos.

As informações foram fornecidas pelo tenente Assis da
Polícia Militar-MT.

No momento da execução, 10 pessoas estavam dentro da casa, sendo duas mulheres, uma criança e três homens, além das vítimas fatais.

Os assassinos entraram pela frente, enquanto os outros invadiram o imóvel pelos fundos.

Segundo o Boletim de Ocorrência, os suspeitos renderam todos que estavam na casa, e por meio de fotos foram reconhecendo as vítimas fatais.

As mulheres e as crianças foram colocadas no quarto, e na sala, cometeram a execução.

As testemunhas relataram que as vítimas tiveram um desentendimento com um
homem, por causa de um fogão que estava penhorado em uma boca de fumo.
Eles já vinham sofrendo ameaças de morte anteriormente.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que ainda não prendeu nenhum
dos suspeitos até o momento.

Via Jornal Pequeno

Artigo anteriorVereador Astro de Ogum visita secretário Márcio Jerry buscando melhorias em ações estruturais
Próximo artigoSecretaria de Governança Solidária e Orçamento Participativo (SEMGOP) tá de cara nova
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui