Início Sem categoria Prefeitura capacita servidores das escolas municipais no novo Sistema de acompanhamento escolar

Prefeitura capacita servidores das escolas municipais no novo Sistema de acompanhamento escolar

0
0

Prefeitura capacita servidores das escolas municipais no novo Sistema de acompanhamento escolar

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), iniciou esta semana a capacitação dos servidores das Unidades de Educação Básica da rede municipal de São Luís no Sistema para Administração e Controle Escolar (Sislame). O novo sistema de acompanhamento escolar – um software para o gerenciamento de escolas públicas – tem o objetivo de unificar a rede de educação e auxiliar na gestão educacional, sendo uma ação do Programa “Educar Mais”, lançado pelo prefeito Edivaldo no final do mês de junho, que visa a qualidade do ensino e a melhoria dos indicadores educacionais do município.

A capacitação tem a parceria do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd) e da Universidade Federal de Juiz de Fora (Minas Gerais). O secretário de Educação, Moacir Feitosa, destaca que o Sislame vai modernizar e simplificar o trabalho administrativo, contribuindo para a melhoria do trabalho pedagógico nas escolas. “Ele será um facilitador, integrando todas as escolas da rede com a Secretaria. Todos os dados necessários para tomada de gestão serão unificados em um único sistema com acesso simplificado”, esclareceu o titular da Semed.

Em agosto foi realizada a primeira etapa de capacitação para cerca de 20 servidores técnicos da Secretaria, os quais estão multiplicando as informações do Sislame para os servidores das Unidades de Educação Básica da Rede. Segundo o coordenador de Estatística da Semed, Thyago de Oliveira Moraes, também coordenador do Sislame, cada uma das 259 escolas públicas municipais – do Infantil, Fundamental e seus anexos – terão pelo menos um servidor de cada escola habilitado para trabalhar com o novo sistema.

Essa segunda etapa de capacitação, que começou na terça-feira (24), vai até 30 de novembro, e acontece simultaneamente nos laboratórios de informática das Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Rubem Goulart, Miguel Lins, Luís Viana, Tancredo Neves, e CIEP Alberico Silva, no bairro da Alemanha. Há um cronograma, elaborado pela Coordenação de Estatística, que direciona para um desses laboratórios os servidores indicados pelo gestor de cada escola para participar do treinamento. Cada laboratório de informática recebe, em média, por dia, servidores de cinco escolas.

Thyago Moraes explica que o treinamento pode demandar um tempo diferenciado para cada participante, pois a capacitação inclui não só a ambientação e aprendizagem do Sistema, mas a inserção/alimentação de dados de cada unidade escolar. Isso porque um servidor pode aprender a manusear o programa (Sislame) e inserir os dados de sua escola em apenas um ou dois dias; ou isso poderá demandar algumas semanas, caso a quantidade de estudantes e demais dados a serem inclusos sejam mais vultosos – há escolas com 10 a 12 turmas por turno, e que têm Educação de Jovens e Adultos, cujo quantitativo de estudantes pode chegar a 1.500 alunos.

Na tarde desta quinta-feira (26) participaram no laboratório de informática da U.E.B. CIEP Alberico Silva, os servidores das escolas Araripina Alencar Fecury, Antônio Lopes e Creche Maria de Jesus Carvalho, além dos funcionários da casa e servidores técnicos da Semed. Maria José Ferreira, secretária escolar da U.E.B. Antônio Lopes, iniciou o treinamento, com a expectativa de que o novo sistema contribua para o controle de matrícula e inserção de dados do censo escolar. “Creio que esta nova tecnologia vai nos ajudar a ter um controle maior das matrículas e permitir mais agilidade na inclusão de dados do censo. É isso que espero”, comentou Maria José Ferreira.

Thyago Moraes informa ainda que o Sislme é auto funcional, explicativo, sendo de fácil assimilação. Além de ser um sistema que tem servidor próprio e banco de dados online. “Os servidores têm aprendido rápido, sem maiores dificuldades, até mesmo porque estão percebendo a importância do sistema, de como ele vai facilitar o trabalho administrativo e de controle escolar”, enfatizou. Thyago estava acompanhado do analista de Planejamento Jorge Assenção Alves Junior, instrutor do CAEd (Juiz de Fora/MG), que passou toda esta semana na capital maranhense para ver de perto a multiplicação do treinamento e auxiliar em caso de intervenção.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem

Artigo anteriorMaracanã recebe neste sábado (28) edição do ‘Todos por São Luís’ com foco nas crianças
Próximo artigoFeirinha São Luís deste domingo (29) traz atrações culturais e shows religiosos
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui