Início Policia Pintor confessou ter degolado idosa e diarista com faca de cozinha

Pintor confessou ter degolado idosa e diarista com faca de cozinha

49
0

Ele confessou crime à polícia; Martha Maria Pontes, 77, e a diarista Alice Fernandes da Silva, 51, foram mortas na quinta (9/6), no Flamengo

Em depoimento à Polícia Civil, William Oliveira Fonseca, pintor acusado de matar duas mulheres no Flamengo, zona sul do Rio, disse que usou uma faca da cozinha da dona do apartamento para degolar as vítimas, segundo o G1.

O crime aconteceu na última quinta-feira (9/6) no apartamento da idosa Martha Maria Lopes Pontes, 77 anos, que estava com a diarista Alice Fernandes da Silva, 51. Ambas foram surpreendidas por dois pintores e o imóvel acabou incendiado em seguida.

O outro acusado, Jhonatan Correia Damasceno, contou que fingiu entregar um currículo para Martha, a quem tinha prestado serviços de pintura no apartamento. A ideia seria uma desculpa para voltar à residência e roubá-la.

Jhonatan foi preso na última sexta-feira (10/6) pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC). Já Willian se entregou na noite de sábado (11/6).

Willian disse à Polícia que, quando os dois estavam no Flamengo, ele ligou para a diarista e disse que queria entregar um currículo à idosa, para que ela o ajudasse a arrumar um trabalho.

Em depoimento, Willian relatou que Jhonatan levou uma fita adesiva e lacres, já com o objetivo de amordaçar e prender as vítimas. Os acusados não trouxeram armas nem facas e utilizaram “uma que já existia no imóvel”, segundo Willian.

Roubos e cheques preenchidos
As vítimas foram amarradas pelas pernas com fita adesiva e os braços, algemados com os lacres. A idosa e a diarista também acabaram amordaçadas, para que não gritassem.

A dupla começou a revirar o apartamento, e como não achou dinheiro, roubou relógios, cordões e anéis.

“Jhonatan passou a exigir que Martha preenchesse cheques, pois ele já sabia que ela costumava pagar dessa forma. Antes do pintor descer para descontar os cheques, ele disse para Martha que, caso alguém do banco ligasse, era para ela autorizar a transação bancária e que era para ela não falar besteira’”, segundo o depoimento na DHC, de acordo com o G1.

Quando Jhonatan retornou, o pintor explicou que seria melhor matar as vítimas amordaçadas no corredor.

Willian confessou ter matado a idosa e a diarista com cortes na garganta, até elas desfalecerem. Segundo o depoimento, Jhonatan incendiou o apartamento e o corpo de Martha.

Leia mais

https://www.metropoles.com/brasil/rj-pintor-confessou-ter-degolado-idosa-e-diarista-com-faca-de-cozinha

 

https://virginiabarroso.com/pintores-matam-e-tocam-fogo-em-idosa-e-diarista-no-brasil/

Artigo anteriorOs corpos do jornalista Inglês e do indigenista foram encontrados segundo esposa de Dom Phillips
Próximo artigoDesaparecidos no AM: o que se sabe sobre as buscas até o momento?
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui