Início Sem categoria Mostra de Talentos 2017 promovida pela Prefeitura alerta sobre formas de exploração

Mostra de Talentos 2017 promovida pela Prefeitura alerta sobre formas de exploração

0
0
Mostra da Semcas aborda temas como combate ao trabalho e exploração sexual infantilCom o tema “Direito de Ser: protagonizando na luta contra qualquer forma de exploração”, a Mostra de Talentos 2017 Territorializadas que aconteceram nas regiões da Cohab, Anil, João de Deus na última terça-feira (14) e Bairro de Fátima e Coroadinho nesta sexta-feira (17), trouxe mensagens importantes sobre o combate ao trabalho e exploração sexual infantil, direito de ser criança, adolescente e idoso e família como construção de vínculos. A Mostra de Talentos 2017 é realizada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).

De acordo com a titular da Semcas, Andréia Lauande, as mostras vão além de estimular os talentos e a criatividade dentro das comunidades, pois também envolve todo um contexto social de conscientização para a população. “Este ano, a proposta é refletir temáticas importantes e muito recorrentes, que são as formas de exploração, resgatando o direito de brincar, estudar e um desenvolvimento saudável das crianças e adolescentes, assim como a valorização da pessoa idosa e seu papel na sociedade”, explicou a secretária.

Um dos temas desenvolvidos pelo Cras Anil foi de combate à violência. Crianças e adolescentes de 6 a 17 anos entoavam a canção “Ame, cante, a todo instante faça o bem”. Por meio da dança, poesia, música e teatro crianças, adolescentes e idosos atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Social (SCFV) dos territórios do município realizaram espetáculos que aliam o lúdico com e a educação.

Para a idosa Maria de Jesus Santos, 68 anos, atendida pelo Cras João de Deus, que participou da apresentação “Envelhecer”, a Mostra foi um momento único e encantador. “Muito maravilhoso participar desse grande espetáculo, mostrando a todos que o idoso tem um papel importante na sociedade, que envelhecer com dignidade e respeito é bom e natural”, disse a idosa.

APRESENTAÇÕES

A Mostra dos Territórios João de Deus, Cohab e Anil contou com a participação do Boi Brilho de Ouro, da Entidade Centro Educacional João de Deus em sua abertura e mais as apresentações ‘A infância vivida de forma lúdica também é um direito de todas as crianças’; ‘Direito de Ser Idoso’; ‘A Caixa: Minha História não termina em Violência’; ‘Envelhecer, Cante o Bem que a Violência não vem’ e ‘Meu Corpo é um Tesourinho’.

Já as apresentações artísticas dos territórios do Bairro de Fátima e Coroadinho destacaram ‘Diversidade e Sociedade’; ‘Ser Criança do Amanhã’; ‘Direito de Ser’; ‘Viver e Conviver’; ‘Direito de ser Adolescente’; ‘Exploração Sexual Infantil: isso não é brincadeira’; ‘Família como Construção do Indivíduo’, entre outras.

Camile Amorim, 11 anos, que atuou na peça sobre exploração sexual infantil e participa do SCFV pela instituição conveniada Associação Beneficente de Saúde do bairro do Túnel do Sacavém, explica que não sabia o que fazer em situações como essa. “Minha personagem tem uma fala que diz o que é exploração sexual. Aprendi que não podemos ficar caladas, precisamos procurar ajuda de alguém seja da família, dos amigos, professores, ou seja, a gente precisa denunciar”, afirmou.

MOSTRA DE TALENTOS

A Mostra de Talentos é um evento anual de culminância das atividades desenvolvidas no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Semcas. Tem como objetivo, promover a integração e valorização dos talentos individuais e coletivos de crianças, adolescentes e idosos, fortalecendo a troca de experiências entre os diversos grupos, estimulando as diferentes formas de expressões artísticas, possibilitando o exercício da autonomia, solidariedade, participação e protagonismo e o fortalecimento dos vínculos comunitários e familiares.

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA

Em São Luís, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) atende mais de cinco mil pessoas organizadas em 224 grupos distribuídos em 60 bairros e conta com a parceria de uma rede socioassistencial constituída por 58 entidades conveniadas.

O serviço é desenvolvido nos equipamentos sociais da Semcas, com atividades no contra turno escolar nas áreas referenciadas de Cras, Casa do Bairro, Centro de Convivência da Vila Luizão e Circo Escola e compreende atendimento a quatro grupos por faixa etária: crianças até 6 anos; crianças de 6 a 15 anos; adolescentes de 15 a 17 anos; e idosos.

Busca ainda fortalecer as relações familiares e comunitárias, promovendo a integração e a troca de experiências entre os participantes; possuindo caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação dos direitos, como forma de enfrentamento para a vulnerabilidade social.

Artigo anteriorPrefeito Edivaldo vistoria obras que criará novo corredor viário no Parque Atenas
Próximo artigoPrefeitura de São Luís vai entregar mais 448 apartamentos do ‘Minha Casa, Minha Vida’
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui