“Meu marido me fotografava nua enquanto eu dormia, e mandava para os amigos”


Casada há 35 anos, a advogada piauiense Josselene Brito, 60, pegou marido em flagra na garagem do condomínio em que vive.

A piauiense Josselene Brito, de 60 anos, descobriu ser fotografada nua enquanto dormia pelo homem com quem dividia a vida e chamava de marido há três décadas e meia. As informações são da Marie Claire.

Em relato à Marie Claire, a advogada contou sobre o comportamento abusivo do ex-companheiro e incentivou mulheres a prestarem queixa de parceiros com o mesmo desvio de caráter.

A advogada conta que conheceu o marido Paulo na faculdade e este sempre foi moralista. Em sua casa, era ele quem ditava as regras.

Na criação dos filhos também, sempre muito conservador e metódico. Tinha muito ciumes da esposa, vivia diminuindo Josselene a chamando de ‘Maria ninguém’, um nada’.

Josselene iniciou seu relato afirmando que mais ou menos a cerca de oito anos, ela começou a reparar que ele não saia das salas de bate-papo na internet. E de uns três anos pra cá, a frequência piorou.

Seu marido passava horas e horas trancado no banheiro ou no quarto e, quando ela o questionou, ele respondeu que estava fazendo pesquisas para o trabalho e quando ela insistia nos questionamentos ele falava que ela estava criando coisas na sua cabeça.

Em maio deste ano ela descobriu o motivo por trás do parceiro passar tantas horas on-line.

Em um momento em que esse se descuidou e estava no celular dentro do carro ela se aproximou e olhou, ele tentou disfarçar e desligou imediatamente o celular.

Mas ela acabou vendo tudo, seu marido estava enviando fotos dela sem roupa por WhatsApp. Josselene contou que desde menina, tem o costume de dormir sem calcinha.

E eram justamente essas imagens que ele compartilhava .

“Senti decepção, raiva, nojo… além de uma enorme dor no peito e muito, muito medo.

Quem era aquele homem com quem vivia havia 35 anos? O que se passava pela cabeça dele, de que mais era capaz?

A sensação era de ter levado uma facada no peito, bem no meio do coração”, disse em seu relato.

Desesperada e sem parar de chorar, ela decidiu contar o ocorrido aos três filhos do casal.

Momento em que o marido confessou que ele e outro homem trocavam fotos de suas respectivas mulheres despidas, sempre clicadas sem consentimento, quando estávamos dormindo.

Ele achava aquilo simples e disse se tratar apenas de um fetiche, nada demais. Foi naquele momento que ela percebeu que ele claramente, acreditava ser seu dono.

Josselene saiu de casa e, tempos depois, tomou a decisão de denunciar o ex-companheiro, solicitou uma medida protetiva que proíbe de se aproximar a menos de 300 metros de mim.

Em entrevista ela afirmou que soube que Paulo foi morar na casa de uma irmã, mas nunca teve contato.

Por fim, ela lamentou ter fotos suas espalhadas pela internet e revelou concentrar-se na punição do ex-parceiro. e disse que sua historia é tão absurda que quando conta, as pessoas custam a acreditar.

Um homem tão moralista e cheio de normas em casa fazer uma coisa dessas com a própria mulher é realmente bizarro.

Ela sabe que suas fotos nuas já podem ter rodado o mundo, e só que que ele pague pelo que fez, concluiu.

Blog do Ilder costa

S/CATEGORIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Contate-nos