Início COTIDIANO Mãe e padrasto vão responder por morte de criança de 4 anos...

Mãe e padrasto vão responder por morte de criança de 4 anos em Uberaba

1
0

A mãe e o padrasto da menina de quatro anos que morreu nesta terça-feira (7) no Hospital das Clínicas da
Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), em Uberaba, tiveram o flagrante confirmado pela Polícia Civil.

A polícia informou em coletiva para a imprensa que havia indícios de que a menina era frequentemente maltratada.

Além disso, relatou que a mãe dela, de 22 anos, por omissão, e o padrasto, de 23 anos, tiveram envolvimento no
crime.

Segundo o delegado-chefe da Polícia Civil em Uberaba, Rodolfo Rosa Domingues, os dois vão responder pelo crime de tortura com morte.

A prisão do casal ocorreu após trabalho em conjunto das polícias Civil e Militar, quer resultarame provas da prática de agressão à menina.

“Com a oitiva e o relatório da médica que atendeu a vítima no Hospital de Clínicas, além dos depoimentos de
testemunhas e parentes da mãe da criança, chegamos à conclusão de que a criança tinha sido vítima de tortura,

Uma vez que apresentava lesões externas e de diferentes datas”, disse Rodolfo.

O delegado-chefe da Polícia Civil afirmou, ainda, que o exame preliminar do Instituto Médico Legal (IML) também
serviu como prova de que a criança sofria agressões há muito tempo.

“O IML, por meio do legista, indicou que eram lesões de diferentes datas, com evolução e que a vítima estava sendo
maltratada e recebendo intenso sofrimento físico do padrasto e da mãe”, disse o delegado.

Rodolfo afirmou ainda que durante os depoimentos a mãe disse que não teria agredido a criança.

No entanto,
segundo o delegado, ela também responde pela omissão de socorro por não ter evitado as agressões à filha dela.

“Durante o auto de prisão em flagrante havia fortes indícios de que a autoria pesava sobre a mãe biológica.

Ela foi
autuada juntamente com o padrasto, vão responder pelo crime de tortura, por agressão física e até psicológica, com
resultado morte que tem uma pena de 8 a 16 anos de reclusão”, conclui.

https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/noticia/2020/04/07/mae-e-padrasto-vao-responder-por-morte-de-crianca-de-4-anos-em-uberaba.ghtml

Artigo anteriorUmbelino Junior apresenta projetos para combater o novo coronavírus
Próximo artigoPavão Filho solicitaTestes Rápidos de Coronavírus- COVID-19 nas ruas de São Luís
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui