IDOSA É CRUELMENTE MORTA EM CRIME DE LATROCÍNIO NO INTERIOR DO PARÁ


Um crime de latrocínio foi registrado na zona rural do município de Bragança, a vítima foi a idosa Raimunda Ramos da Cruz – 67 anos que atendia pelo apelido de “cunda”.

Segundo informações colhidas no local com familiares a idosa residia sozinha em uma região conhecida por pedrinhas que fica próximo a comunidades do Caratateua distante 12 km da sede do município do município.

Ao que tudo indica dona Raimunda foi morta na noite de sábado 19/12 mais ela foi encontrada sem vida no começo da manhã de domingo 2l19/12, as polícias civil e militar foram acionadas e foram até o local que é de difícil acesso para colher informações sobre o crime.

Familiares relataram que a idosa morava sozinha e que provavelmente ela tivesse uma certa quantia em dinheiro guardada no imóvel e que eles suspeitando de duas pessoas estavam a alguns dias rodando pela localidade onde ela residia.

No local do crime era visível os requintes de crueldade, pois o imóvel foi todo revirado e a vítima estava com várias perfurações de faca por todo o corpo e a cabeça dela por muito pouco não foi arrancada com a força do golpe que foi dado, na parede da casa era visível a quantidade de sangue de Raimunda Ramos.

O Instituto Médico Legal foi acionador para fazer a remoção do corpo da vítima para ser necropsiado no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Castanhal para logo logo em seguida ser liberado para a família realizar o sepultamento.

A polícia cívil já está investigando o crime e pede para quem tiver informação que liguei para o 181 ou 190 da polícia militar, que sua informação e sua identificado serão mantidas no mais absoluto sigilo.

Reportagem e fotos: Fabrício Bragança.

COTIDIANO

Virginia barrosoAuthor posts

Estou blogueira porque sou Jornalista com RP 1903/MA Amo a comunicação, pois sem ela o entendimento seria impossível. Obrigada aos amigos e leitores do site. Sejam bem vindos ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Contate-nos