Início Sem categoria Contador que foi morto em Niquelândia tinha relação com o suspeito do...

Contador que foi morto em Niquelândia tinha relação com o suspeito do assassinato

121
0

O homem suspeito de matar o contador Nilton de Paula Ferreira, de 41 ano, em Niquelândia, segundo a Polícia Civil, tinha um relacionamento amoroso com o contador.

Após o crime, ocorrido em 21 de maio, Willik Muriel Teixeira Dutra, 19, roubou joias e dinheiro de Niltinho, como era conhecido e fugiu da cidade, saindo do estado, mais acabou sendo preso.

Nesta terça-feira, 14 de junho, Willik ficou em silêncio na delegacia de Niquelândia quando foi levado à presença do responsável pelas investigações. Ele foi preso há quatro dias em Vitória, no Espírito Santo.

As diligências apontam que o suspeito usou documentos de terceiros para fugir de Goiás, porém foi monitorado depois de quebra de dados com autorização da Justiça.

A noite do crime

Segundo as investigações, Willik e Nilton se encontraram, beberam e tiveram relação sexual na noite de sexta para sábado, 20 para 21 de maio. Por conta de uma suposta briga, o suspeito matou a Niltinho com o uso de um cinto, que era do contador, onde ele enforçou a vítima.

Carro de contador é encontrado carbonizado em Niquelândia, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A princípio, a Polícia Civil teria recebido uma denúncia de um veículo em chamas na saída de Niquelândia, enquanto isso, a família de Nilton foi até a delegacia registrar o desaparecimento dele. O carro foi localizado totalmente carbonizado na margem da GO-237.

As investigações apontam que Willik fugiu do veículo e ateou fogo no carro da vítima, que também estava carbonizada no fundo do lote de sua casa. O autor usou um cobertor para tentar destruir o cadaver de Niltinho.

A motivação do crime continua a ser investigada. O suspeito foi levado para o presídio de Niquelândia e deve ser acusado por latrocínio e destruição de cadáver.

 

https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2022/06/11/jovem-suspeito-de-matar-contador-e-atear-fogo-ao-corpo-dele-em-niquelandia-e-preso.ghtml

Artigo anteriorCúmplice mostra à Polícia Federal onde ajudou a enterrar Dom e Bruno
Próximo artigoEx-prefeita ‘ostentação’ recebe nova condenação na Justiça por participação em esquemas de corrupção em Bom Jardim
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui