Início Brasil Brasil perde Jô Soares A data e local do velório não foi...

Brasil perde Jô Soares A data e local do velório não foi divulgada e a despedida será reservada à família e amigos

22
0

O Brasil vai sentir falta de Jô Soares! Considerado um dos maiores humoristas da TV brasileira, ele morreu nesta sexta-feira (5), às 2h30, aos 84 anos.

O artista estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 28 de julho, onde deu entrada para tratar de uma pneumonia.

A causa da morte não foi informada. A data e local do velório não foi divulgada e a despedida será reservada à família e amigos.

Filho único do empresário Orlando Heitor Soares e da dona de casa Mercedes Leal Soares, José Eugênio Soares nasceu no Rio de Janeiro em 16 de janeiro de 1938.

Foi estudar na Suíça, aos 12 anos de idade, onde permaneceu até os 17. Lá, começou a se interessar por teatro e shows. Sempre pensou em seguir carreira diplomática, mas o amor pelas artes falou mais alto.

“Eu pensei que ia seguir a carreira diplomática”, explicou ao Memória Globo. “Mas sempre ia ao teatro, sempre ia assistir a shows, ia para a coxia ver como era. E já inventava números de sátira do cinema americano; fazia a dança com os sapatinhos que eu calçava nos dedos”, conta.

Já que os negócios do pai não prosperaram, a família retornou ao Brasil. Foi a partir daí que Jô Soares investiu nas artes. “Imediatamente comecei a frequentar a turma do teatro, a mostrar meus números, e a coisa engrenou quase que naturalmente”, lembrou.

Estréia na TV
No ano de 1958, estreou na TV. No mesmo ano, participou do programa “Noite de gala” e passou a escrever para o “TV Mistério”. Eles eram exibidos pela TV Rio. Em seguida, escreveu e atuou em humorísticos da TV Continental.

Em 1960, se mudou para São Paulo. Três anos mais tarde, começou a trabalhar na TV Record, onde atuou em programas como “La Reuve Chic”, “Jô Show” e “A Família Trapo”, além de produzir o “Simonetti Show”.

Foi para a TV Globo, em 1970 e estrelou o “Faça Humor, Não Faça a Guerra”, programa substituído pelo Satiricom em 1973. Participou de “Planeta dos Homens” como ator e redator. Jô se desligou um ano antes do término do programa, para se dedicar ao seu próximo projeto: o “Viva o gordo”.

Com o sonho de apresentar um programa de entrevistas, se desligou da Globo e foi para o SBT em 1987.

Durante o programa “Jô Soares Onze e Meia” que foi exibido entre 1988 e 1999, o humorista fez mais de seis mil entrevistas com grandes personalidades brasileiras e internacionais. Em 2000, o humorista retornou à Globo para o “Programa do Jô”, encerrado em 2016.

Fora do ar
O humorista estava fora do ar desde 2016. A última vez que Jô Soares apresentou um programa de televisão foi em dezembro de 2016 na TV Globo.

Dois anos depois, ele revelou que se sentia bem em ficar fora do ar. “Não sinto falta de estar na TV. Se eu quisesse, eu teria continuado. Foram 15 mil entrevistas”, disse ele, na ocasião.

Manifestações de carinho
Nas redes sociais, amigos e fãs lamentaram a morte do artista. Leia o que escreveram:
Patricia Poeta, apresentadora:

“Amanheci com essa triste notícia. Difícil acreditar… Admirava demais o Jô. Ele fazia parte das nossas vidas… da vida de nossas famílias. Seu talento atravessou gerações. Era um profissional incrível: humorista, escritor, diretor, apresentador. Obrigada pelas risadas, Jô.

Obrigada pelas conversas, pelas mensagens sempre muito generosas… Descanse em paz.”
Adriane Galisteu, apresentadora:

“Meu Deus o mundo sem você…. Meu amado amigo, diretor, conselheiro , vizinho que tristeza… você sempre foi cercado de amor e sempre será assim ! Vou seguir te aplaudindo e através de suas obras aprendendo com vc! Obrigada por tantas risadas , tantas conversas por todos os ensinamentos.

Ana Maria Braga, apresentadora:

“Eu tive a honra de conhecer e conviver com esse jornalista e humorista tão talentoso e querido de todos nós. Hoje o dia amanheceu mais sem graça. Vá em paz meu amigo!”, escreveu a apresentadora Ana Maria Braga.

https://priscilapetrus.com.br/brasil-perde-jo-soares-a-data-e-local-do-velorio-nao-foi-divulgada-e-a-despedida-sera-reservada-a-familia-e-amigos/

Artigo anteriorSuspeito morto e estrangulamento: o que se sabe da morte de Bárbara Vitória
Próximo artigoMenina de 2 anos acaba na UTI após ingerir descongestionante nasal da mãe
Jornalismo Faculdade Estácio MA Especialistas em Marketing Digital RP -19-03MA Blogueira por paixão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui